28 de mai de 2010

E a ciência....

Para muita gente, querer explicações científicas para parte da estória de Lost parece ser assinar declaração de não ter alma ou mesmo um atestado de satanismo...
Pois como não sei de nada a não ser que existo e não acredito em nada além do que duvido, eu insisto em fazer parte da corrente que gosta de colocar alguns pingos nos is pela corrente científica, apesar de ter me emocionado e não ter rejeitado veementemente a linha adotada. O que eu não perdoaria mesmo era a "rolha do inferno".
E em meio a tantas colocações dispensáveis na minha concepção, encontrei uma análise muito boa com uma interpretação sobre possíveis explicações científicas para alguns pontos importantes.
É do Fabiano Franz, quem você pode conhecer melhor aqui.
Segue:

"Só elocubrando e tentando trazer um viés científico a algumas das coisas vistas ali. Gostei muito do desfecho da série, mas acredito que uma das grandes sacadas - exercícios que a série nos permite fazer agora, após o desfecho - é tentar buscar pontos de convergência entre as razões místicas e as científicas - a ciência e a fé que existe na ilha. Aí vai:

As cinzas vulcânicas, em geral de cor escura, contêm diversos elementos como níquel, enxofre e limalha de ferro. Por isso, uma onda eletromagnética em conjunto com a cinza vulcânica parece que poderia sim criar um tipo de "fumaça negra" - só não sei como isso poderia ser "controlado".

O coração da ilha seria uma profunda cratera ou rachadura que ultrapassa a crosta terrestre, chegando até a litosfera, os mantos superiores ou inferiores ou mesmo até o núcleo terrestre, onde se encontra lava vulcânica - daí a coloração quando a coisa "secou".

Dado esse "problema" na fisiologia da ilha, povos antigos poderiam ter canalizado uma vertente de água até o local, já que esse tem claros indícios de intervenção humana. Essa água, acumulada na "pia" onde está a "rolha", manteria a lava da perfuração "sob controle", evitando uma erupção que levaria a abalos sísmicos e outros tipos de tragédias na ilha - o que de fato ocorreu"

2 comentários:

Equipe ToonSeries disse...

ótimas teorias,
nunca havia achado que aquele seria um buraco para o inferno, mesmo porque com a remoção da rolha apenas a ilha sofreu alguma coisa, caso contrario eles não teriam porque fugir para outro lugar se o mundo inteiro estivesse em perigo por causa de uma suposta abertura do "inferno".

Ricardo Braga
Equipe ToonSeries

Kaká disse...

Boas teorias. :) A ciência sempre me comforta.

Depois que fiz o momento toc lost fui pensar nesse final. Os americanos não estão acostumados a finalizar as séries, geralmente elas são canceladas e o fim sempre fica aquela coisa meio "ache o que quiser daqui pra frente". Na minha opinião, só Six Feet Under teve um final coerente com a série inteira (e Sopranos foi aquela tela preta, legal, mas meio sem sentido). Anyway, isso tudo para dizer que eu esperava um final meio novela-das-oito para Lost. Acho que foi a primeira série com final anunciado 3 anos antes, e é um canal aberto,tem que agradar a todos. Gostei e não gostei, mas achei uma saída elegante para um final novelesco. (confesso que esperava uma coisa mais cafona ainda como eles na praia batendo palmas).
Por mim teria terminado na terceira temporada com Dr. Jack desesperado (acho que já disse isso né?). E eu ainda gosto muito das 3 primeiras temporadas, e vou revê-las com certeza. E Lost ainda vai render muito debate e fofoca. :)

bjs!

Mais e mais

Related Posts with Thumbnails