29 de ago de 2008

Enquete: Quem faz mais falta????

Em Lost, a morte assombra todos.
Ninguém esta livre, já disseram os produtores, que garantem a liberdade de mandar para o beleléu quem desejarem e na hora que quiserem com uma cláusula contratual.
Acho esta liberdade positiva, pois reforça o suspense e confere um certo charme - um dos tantos que faz de Lost única e inigualável.
Por outro lado, duvido muito que - mesmo com o recurso de trazer de volta personagens mortos por aparições, flashbacks (ou sabe-se lá como será a permanência de Locke daqui para frente - porque óbvio que ele continuará com presença forte na trama), Kate e Jack entrem nesta lista...

O que não podemos negar é que cada morte tem um grau dramático tremendo e causa comoção entre os fãs dos personagens.
Da inesperada morte de Boone à mega anunciada por spoilers aos quatro cantos triste partida de Charlie, todas são momentos inesquecíveis da série. Diria que todos até agora tiveram um fim digno.

Mas o tempo passa e uns fazem mais falta que outros. Pessoalmente, sinto muita falta de Mr. Eko. E parece que os produtores também.

E você, por quem lamenta até hoje?
Vote na enquete e, se quiser, comente também.


Obs - Não inclui os falecidos da quarta temporada porque ainda não temos tempo para julgar quem realmente fará falta na trama. Futuramente, lançaremos uma enquete sobre isto...
Obrigada!
Namastê!
Boa Sorte!

28 de ago de 2008

As fotos de Charlie

O personagem de Dominic Monaghan era bacana. Mas confesso que não senti muita falta de Charlie Pace na quase perfeita 4º temporada de Lost.
O fato é que Charlie morreu. E Dominic continuou a vida. Antes de integrar a equipe do humorístico CQC americano, o ator mostrou versatilidade em uma exposição de fotos tiradas por ele durante os três anos de gravação da série. O resultado foi a exposição Happy Accidents, que esteve em cartaz na galeria californiana Hamilton-Selway Fine Art há um tempinho.
Ah - 20% dos lucros foram revertidos para a Borneo Orangutan Survival Foundation, entidade em defesa dos orangotangos da ilha de Bornéu (Malásia).
Boa, Charlie!

Aqui alguns trabalhos do finado querido personagem






Outras fotos podem ser vistas no site da galeira

27 de ago de 2008

Evy e Josh contra o câncer

A dupla confirmou participação na campanha Stand Up to Cancer, promovida pelas redes ABC, NBC e CBS com objetivo de levantar fundos para a luta contra o câncer. Em um programa especial - tipo Teleton - transmitido simultaneamente pelas três redes de TV, várias celebridades incentivarão as doações. Além de abordar prevenção, atores, cantores e atletas ainda atenderão telefonemas de doadores.
O especial acontece em 5 de setembro e no Brasil será transmitido às 21h pelos canais Sony, AXN e Animax.

Bacana, né...

26 de ago de 2008

Colírios da Davidfoff Cool Water

Como este blog é ainda um bebê recém saído do berçário, ainda não publicamos as fotos de Josh e Evy na campanha atual do perfume Davidfoff Cool Water.
Tem colíro para homens e mulheres de bom gosto!!!!
Enjoy it...




25 de ago de 2008

Quem volta????

Spoiler....

Quer saber quem retorna do mundo dos mortos na quinta temporada???

Tem certeza????

Veja aqui. Mas volte aqui para me dizer o que achou...

E aí, gostou?
Sinceramente...não faz falta nenhuma. E não vejo como possa ser interesante para a trama. Já deu o que tinha que dar em Lost.
Mesmo assim, vamos ver...Aguardemos antes de maiores conclusões...

23 de ago de 2008

Aberta temporada de spoilers!!!!!

Com o início das filmagens da quinta temporada, começam surgir os spoilers.
Como queremos fugir de grandes revelações - Oh, God, não deixe-me cair em tentação!!! - tentaremos um esquema novo. Garimparemos por aí informações quentes e postaremos o link para os spoilers realmente dignos do nome.
O que acham?
Para começar, sugiro aos ansiosos de plantão que leiam aqui a descrição de uma cena com Hurley e Sayid neste cenário da foto.

Erros de Gravação da 4ª temporada

Já é possível ver alguns dos divertidos erros de gravação da última temporada.
O vídeo foi apresentado na Comic Con para dar um gostinho do que vem por aí nos dvds...
Ah, Josh além de lindo é tão bem humorado!!!




A dica veio do blog da Lily Ford
E no blog do Carlos tem vários vídeos legais também dos extras!

22 de ago de 2008

Evy nas telonas até o fim do ano....finalmente!!



Parece notícia velha...
Me perguntando quando estrearia o esperado filme de Evangeline Lilly, Afterwards, descobri no Cinema em Cena uma possível data de lançamento do triller sobrenatural: 31 de dezembro.
O filme conta a história de Nathan Del Amico (Romain Duris), um brilhante advogado. Totalmente absorvido pelo trabalho e cada vez mais distante da ex-esposa (Evangeline) e da filha, ele conhece Joseph Kay (John Malkovich), um misterioso médico que se diz capaz de prever a morte das pessoas. Mesmo sem acreditar, alguns eventos fazem Nathan perceber que seu tempo na Terra está se esgotando.

O maridão mal pode esperar para ver Kate longe de Jack e Sawyer....

Spoilers ou não spoilers

Já tem uma série de novidades e especulações sobre a próxima temporada de Lost e ficamos em dúvida se tornariamos este blog um espaço aberto a spoilers.

Acontece que acho que boa parte da "graça" da série se perde ao saber de grandes spoilers. o fator surpresa é fundamental para aproveitar totalmente todo o divertimento que Lost pode proporcionar. Por isto, adotamos a política: Spoilers Leves.

Grandes revelações, sinopses prévias de episódios e qualquer coisa que estrague o fator surpresa serão evitados aqui.
Deixamos estas informações para os blogs especializados, que fazem muito bem o trabalho de apuração. Vamos dedicar o espaço do Defenda a Ilha para notícias, análises, novidades, vídeos, teorias, afinal tem tanta coisa legal para falar sobre Lost.
Claro que leves especulações fazem parte da brincadeira!
Namastê!

20 de ago de 2008

Musicando Lost: Previously on Lost e The Others Lost Band

Lost é vício. Isto não se discute.
Mas até onde vai a paixão pelo seriado é uma questão ainda a aberta.
Os norte-americanos Jeff Curtin e Adam Schatz que o digam. A dupla de Nova York criou a banda Previously on Lost, famosa por compor músicas baseadas em cada episódio da série, estilo conhecido como recap rock, ou rock resumo.
As músicas podem ser conhecidas no myspace

Aqui, o vídeo da sugestiva Be My Constant



Saiba mais

The Others Lost Band

Na onda dos novaiorquinos, a banda Thungs criou o projeto The Others Lost Band, também focada na composição de músicas baseadas no seriado. Formada por Tommy (baixo), Blake (bateria), Eric (violino), Shannon (guitarra e vocal) e Gabe (vocal), The Others Lost Band já utilizava filmes clássicos e programas de televisão como referência para suas composições. Mas foi a partir da segunda temporada, que os músicos decidiram incluir Lost no rol, criando o projeto já com trinta músicas.
Sobre a real intenção do nome da banda, o baterista Blake ironiza: “We're the good guys”.

As músicas podem ser conhecidas no Myspace e nos vídeos especialmente produzidos para o Youtube.
Como este:



Saiba mais

18 de ago de 2008

Widmore contrata Indiana Jones para explorar a Ilha

Quem assistiu a nova aventura do maior arqueólogo da história das telas, com certeza reconheceu Alan Dale (o poderoso mister Widmore) em uma pequena participação na superprodução e Spielberg e George Lucas.
O ator contracenou com Harrison Ford em Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal. Em entrevista, Dale afirmou que trabalhar com Harrison Ford foi divertido e que o astro está em ótima forma.

E não precisa ter muita imaginação fértil para supor o que Indi faria na Ilha de Lost... Alguém pensou na estátua de quatro dedos??
Será que Charlotte - que é antropóloga, não arqueolóloga - pode substituí-lo à altura?



Falando nos britânicos...teremos dois novos personagens ingleses na série. Possivelmente, conectados com um dos Widmore. Ou com a antropóloga.

15 de ago de 2008

Namastê, dr. Peter Chang

O ator François Chau - o enigmático ex dr. Marvin Candle, já com identidade de Peter Chang revelada no último vídeo Dharma - deu entrevista ao site LostSpoilers.

Entre as declarações mais interessantes, Chau contou que o vídeo da estação Orquídea é supostamente parte de três filmes sobre o tema. Outra revelação é que Chang será visto novamente na quinta temporada. Não podia ser diferente, não...
Para aumentar o suspense, Chau afirmou também que sabe exatamente que são o bebê chorando ao fundo da gravação e o cinegravista do vídeo - aquele que conversa com ele dizendo ser inútil o apelo de salvação. Mas, claro, não pode contar.
Eu aposto em Faraday!

Matthew Fox vai receber US$ 225 mil por episódio

Matthew Fox tem mesmo motivo para o sorriso de orelha em orelha. Além da carreira decolando no cinema, Fox é o primeiro a firmar acordo de aumento salarial com a ABC.
O intérprete de Jack deve receber na quinta temporáda da série US$225 mil por episódio - cerca de R$360 mil. O acordo anterior beirava US$150 mil.
Nada mal, hein....
Mas o cara merece. Não fosse ele, será que o Jack seria tão angustiadamente chato?

Enquanto Fox já pode planejar como investir a grana a mais, o resto do elenco negocia os pagamentos da nova temporada.

Acho que o complicado destas negociações é que em Lost, o núcleo central é bem amplo. Existem uma série de atores essenciais para a trama e a ABC não pode se dar ao luxo de privilegiar demasiadamente apenas um ou outro. Ou seja, vão ter que abrir os cofres para outros também.

14 de ago de 2008

Você sabe tudo sobre Lost?

Você é daqueles que revê várias e várias vezes as quatro temporadas?
Sabe de detalhes que quase ninguém mais dá a mínima atenção?
Lembra da cor da camisa que Jack usava no dia da queda e o do nome do primeiro namoradinho de Kate? Sabe o significado de cada título de episódio e lê todos os livros mencionados na série?
Para testar seus conhecimentos, divirta-se no quiz disponível no hotsite de Lost na AXN.
O jogo tem questões de baixo, médio e alto grau de dificuldade, tempo de resposta e se alternam constantemente.
No site da emissora é possível, ainda, fazer downloads de fotos e de papel de parede.
Para jogar - http://www.axn.com.br/lost/
Downloads - http://www.axn.com.br/AXN/Downloads.AXN?opt=pc

Outra dica é a trivia Lost do site Buddy TV. É em inglês, mas quem tem conhecimento médio do idioma, consegue fazer na boa. As questões são de dificuldade variada e além da série, abordam também a carreira dos atores.
Diversão garantida!
http://www.buddytv.com/quiz/quiz.aspx?category=10&csi=-1

12 de ago de 2008

Esquadrão Classe L

Este vídeo não é novidade, mas é meu preferido da série: "Lost em aberturas de outros seriados".
A edição ficou perfeita!

7 de ago de 2008

Pais e Filhos

Relações conflituosas entre pai e filho são constante tema dos personagens de Lost.
Entre o complicado amor e ódio de Jack por Cristhian Shepard ao extremo assassinato de seu genitor por Kate, são raros os casos de convívio pacífico.
Talvez, entre todos ali, Jin seja o único, entre as histórias que conhecemos, com referência positiva da figura paterna. Mas o ar de Dalai Lama do pescador sr. Kwon que o criou, sem ao menos ter certeza de sua paternidade, não foi o bastante para fazer Jin assumi-lo para Sun e sua família.
Esta, alías, se já não podia se orgulhar do austero sr.Paik, após sua saída da Ilha abriu guerra declarada. Não é para menos...além de ter transformado o marido em leão de chácara, mister Paik tem ligações provavelmente ilícitas com Widmore.

Hurley é outro que não tem motivos para admirar o pai. Abandonando a família na infância do filho, David Reyes descaradamente volta ao lar quando o filho fica milionário. Apesar da aparente reconciliação depois do resgate, não acho que Hugo deve ter o pai em grande estima.

Michael e Walt é um capítulo à parte
Da aproximação truncada e complicada na queda na Ilha, ao degringolar total da relação, o que fica é o questionamento de Ben: O que um pai faria por seu filho?
Se terão chance de reaproximação - claro que por um contato paranormal - depende dos roteiristas. Sinceramente, torço para que sim.

James disputa com Locke a história mais trágica. Se bem que a de Kate também daria uma tragédia grega.
O cara presenciou o pai matar a mãe e se matar. Só isto. Precisa mais?
Pela carta que escreveu e carregou a vida toda, culpava o amante da mãe pelo fato e considerava o pai uma vítima. Seja como for, é uma carga psicológica pesada demais que explica a relutância dele em se tornar pai. O dó!

E o que poderia justificar a heroína da série ser uma assassina? Confesso que é corajoso por parte dos roteiristas criar uma protagonista com o histório de assassina. E do prórpio pai.
Como ela mesmo explicou, ao ter um possível contato com o Wayne - uma figura asquerosa, hein - naquela viagem da recuperação do Sawyer - era o fato dele ser realmente seu sangue que a humilhava e enojava.
E isto mostra um lado bastante humano, e por isto mesmo cruel, de Kate. Não eram as surras na mãe que provocaram o ato extremo. Mas sim seu próprio orgulho.
Em todo caso, o cara era mesmo um asco em pessoa. O pior tipo possível de referência paterna.
E ficou uma pergunta no ar: O que aconteceu com Sam Austen - pai adotivo de Kate? Por que ele não foi receber a filha no retorno da Ilha? Por que não estava no julgamento? Estava no Iraque novamente?

E tem o Jack. Ah, sempre o Jack "rainha do drama".
Cristhian não é um exemplo. Era mulherengo, exigente, alcoólatra. Mas isto justifica a obsessão do doutor no pai? Entre todos os casos, o dele é o menos traumático. Nas cenas em que aparecem junto, Cristhian é até, geralmente, mais coerente do que Jack.
Mas o caso dos dois é emblemático para a questão pai/filho na série por envolver personagens centrais tão importantes. E simboliza amor e ódio. Talvez até redenção.
Recentemente, a aparição do "secretário de Jacob" para Claire foi mais uma forte referência ao tema.

Outro caso de parricídio é do psico Benjamin Linus.
O pai era um idiota, um grosseirão. O culpava pela morte da mãe e o criou sob imensa pressão e humilhação.
Mas cuidado em quem você pisa. Pode ser um potencial psicopata impiedoso.
E era.
Sem pestanejar, Ben deu fim no pai durante a purgação. E nem se preocupou em enterrá-lo. Preferiu que ficasse apodrecendo no meio do mato. Bem bizarro e típico do personagem mais psicologicamente interessante, porém pertubado.

Finalmente Locke.
Com certeza o vencedor do prêmio pior pai do mundo é do canalha Antony Cooper.
O cara abandonou o filho, roubou seu rim e o jogou do oitavo andar, deixando-o paralítico.
A insistente carência de Locke o incomodva, o enojava.
E sse Ben e Kate não tituberam em tirar a vida do pai, John se recusou.

E se os mistérios são parte fundamental do sucesso de Lost, esta complexidade psicológica dos personagens fazem a série ser ainda melhor.

6 de ago de 2008

Coincidência?


Em Lost, algumas pistas são meramente especulativas. Outras, simplemente pistas falsas. Já, uma pequena parte é realmente peça do quebra-cabeça criado pelos roteiristas e que conduzem, de fato, ao mistério central. Separar o joio do trigo faz parte do jogo e deixa a brincadeira ainda mais bacana.
Em uma destas categorias pode se encaixar o fato das mães de duas figuras exponenciais da Ilha terem o mesmo nome.
Benjamin Linus e John Locke - comandantes do passado e do presente - (pelo menos o presente que usamos como referencial, pois sabe-se lá quando a Ilha foi parar após ser movida) são filhos de uma Emily.
A desvairada bipolar Emily Annabeth Locke gerou o bom moço e sempre ingênuo John, enquanto a doce Emily Linus presenteou o mundo com o estrategista psico Benjamin Linus.
Simples coincidência?
Parece difícil acreditar que seja.
Já pensei na hipótese de serem a mesma pessoa. A bipolaridade explicaria a mudança de temperamento e a cronologia ajuda. Mas fica difícil explicar como seria forjada a morte de Emily Linus. Além disto, a aparição dela para Ben na Ilha parece comprovar sua morte.

Pesquisando sobre o nome, encontrei as seguintes definições em um fórum da Lost Brasil: Emily: Forma inglesa de Emília. Emília: Uma das fontes diz que o nome vem o latim e significa "admirando", outra fonte diz que Emília significa "Aquela que é trabalhadora e ativa".
Nada muito explicativo também.

Uma explicação plausível seria a existência de uma profecia na mitologia da Ilha sobre o destino do local que envolva o nome como possível genitora do "escolhido" para comandar o local ou reverter um destino indesejado.

Ou não....

Alguém se habilita?

3 de ago de 2008

Josh Holloway, em breve, em um cinema perto de você

Depois de Mathew Fox, é a vez de Josh Holloway decolar carreira cinematográfica.
Em produção, a comédia Stay Cool terá o bonitão atuando ao lado de Winona Ryder, Sean Astin (de O Senhor dos Anéis), Chevy Chase e Hilary Duff.

Pelas fotos das filmagens, da para perceber que o personagem de Josh deve ser, ao menos fisicamente, um tanto bad boy. E isto sabemos que ele faz muito bem.
Stay Cool estréia em 2009.

1 de ago de 2008

Novíssimo vídeo Dharma

Em 26 de julho o painel de Lost na Comic Con - evento realizado em San Diego - trouxe os produtores falando sobre os rumos série na quinta temporada.
A grande novidade ficou por conta de um novo vídeo protagonizado pelo conhecido dr. Marvin Candle.



Ficamos sabendo que o nome verdadeiro do enigmático personagem é Pierrre Chang. Gravado pouco antes da purgação, parece ter sido produzido por ninguém menos que Daniel Faraday (a voz é bem parecida).
Em tom desesperador, Chang conta saber do evento que se aproxima, explica sua função na Ilha e pede que impeçam o que está por vir, mesmo que já tenha acontecido. E enfatiza que as atividades da Dharma devem ser retomadas.
O mais confuso é entender como o cientista sabia exatamente o ano em que o vídeo seria encontrado - 30 anos após a gravação - dando informações do contexto atual. Ele cita George W. Bush e a internet.
Parece que as informações foram levadas por quem o grava, no caso, Faraday.

Teria Faraday retornado no tempo junto com a Ilha? Estariam os outros sobreviventes 30 anos no passado. Ou seria mais uma viagem de consciência como ocorreu com Desmond?

There´s no Place like Home (final) - 4x13/14

Defenda a Ilha ou Morra



Lá se foi a Ilha..Para onde?
Eu perguntaria..para quando?

Se o fator surpresa foi menor aqui do que nos finais da segunda e da terceira (o morto do caixão é meu primeiro suspeito, ainda em 2007), o impacto continua sendo o mesmo. Grande carga de informação, muita ação, suspense. Perfeito.
Tem muita gente que analisa e comenta Lost e se pega sempre na questão das respostas. E reclama. E como reclama.
Não me importo nem um pouco com a demora das respostas. E se me incomodasse com isto, na boa, esperaria o fim da série, lá em 2010 para assistir tudo de uma tacada só. Não acredito que mané ainda não percebeu que a mitologia da série só será realmente explicada na derradeira temporada. Então, se conformem ou desistam da série.

Voltando. A quarta temporada foi para mim a melhor até agora. O ciclo de episódios foi capaz de desenrolar a trama aberta na primeira. Se Lost era uma série sobre sobreviventes que queriam sair da Ilha, este objetivo da trama está encerrado.
Agora, tudo é sobre voltar. E como voltar.
É impossível não perceber a série de situações e arcos que foram fechados. Sabe-se quem saiu, como e porque. Sabemos quem ficou. Sabemos quem tem interesse na ilha, muitas das carcterísticas físicas do local, sabemos o que aconteceu com quem saiu, quem está no caixão.
E mais, muitos dos questionamentos desta temporada foram resolvidos na própria: porque Kate ficou com Aaron, porque Jack pirou, porque Saiyd mata a mando de Ben, etc.
Se mais questões surgiram, como por que Jeremy Benthan saiu da ilha, como e por que morreu, isto é parte da narrativa. Uma narrativa, aliás, que ousa não somente pela utilização de flashbacks e fowards, como pela mudança de perspectiva que promete modificar novamente a apresentação na quinta temporada. E que ela venha logo. Por que será difícil esperar....

Destaques
Odeio bater na mesma tecla, mas adoro cada vez mais o James. Cena linda, típica de Indiana Jones, Han Solo, 007...

E odeio o Jack. Pelo menos o de 2004. Que hipócrita o heroizinho de merda que jurou tirar todo mundo da ilha se auto-intitulando o salvador da pátria, mas não pensou nem meia vez na hora de se pirulitar de helicóptero e deixar o povo que estava no cargueiro virar fogos de artifício.
Se redenção é a palavra chave da série, acho que Jack é quem está mais longe dela. E vai ser preciso muita coisa para o Jack de 2007 que é bem mais humano e paga o preço da burrice causada pela arrogância, consiga finalmente se redimir.

Quem também se redimiu e de um modo extremamente trágico, foi Michael. Se era um personagem irritante na primeria fase, se tornou interessante no retorno à série. Atormentado e altruísta. E não gritou Waaaaaaatttttttttttt nenhuma vez.
Teve uma despedida digna, embora acredito que se transforme em mais uma das aparições da Ilha.

E que sacanagem ninguém procurar Walt. Aliás, cade o Vincent? Nem o Walt perguntou dele...E pronto, Walt pode voltar. Com a série passando-se em tempo principal em 2007, como tudo indica, não precisamos ficar perguntando o porque do tamanho do garoto.

Acho que Sun passou para o lado negro em busca de vingança pelo Jin, que pode não ter explodido junto com o cargueiro. Difícil, mas possível. Tomara...pois sentirei falta de Jixuxi.
Na conversa com Widmore, parece que a coreana vai entregar o destino de Desmond. Ou o de Locke. De qualquer modo, parece uma escolha errada.

Sayid, que está a mando de Ben, já está com Hurley. Alguém não acredita que a intenção do iraquiano é ajudar Ben a levar o povo de volta para a Ilha?
Xadrez com Mister Eko????? Que medo !!!!!

Agora, na boa. É óbvio que não foi a manivela que movimentou a ilha. Não literalmente, caros....Ai como já li baboseiras a este respeito....
A roda só acionou um mecanismo para liberar alta carga de magnetismo. E o que aconteceu com a última pessoa que mexeu com magnetismo? O Des, na escotilha Cisne...viajou no tempo e o céu ficou roxo. Preciso explicar ou desenhar?
A data da movimentação é bem próxima ou senão a exata do Tsunami. É viagem, mas o evento poderia ser usado - na ficção claro - para explicar o terremoto que gerou a catástrofe. Não. Não tomei ácido. É só imaginação fértil.

Finalmente, Jeremy. Fiquei chateada pelo cara, que teve sempre uma vida ferrada, ter acabado daquele modo. Sua confusão, sua indecisão, sua dificuldade de se entender com o destino, seus atos precipitados chegaram a irritar, mas fazem parte deste personagem complexo e carismático. Que é impossível odiar.
Aliás, em Lost é comum odiar um personagem em determinada fase para depois passar a adora-lo. Será que isto só acontece comigo?

Minha teoria básica sobre os acontecimentos:
A Ilha está no passado. Voltando, os losties estarão no passado, bem antes da queda do avião. E Jeremy estará vivo no passado.
Como existe algo maior na presença deles naquele local, não devem mais deixa-la. E aqueles esqueletos serão possivelmente Jack e Kate do retorno.
Enfim,
A espera vai ser longa. Muitos podem não aguentar. Chega logo 2009!!!!!

Namastê!

There´s no Place like Home I - 4x12

É difícil comentar algo que não acabou.
Mas como Lost tem fundamentalmente parte de seu charme no intercâmbio de "achismos" dos fãs, não dá para ficar sem falar da primeira parte da odisséia trilogia final da quarta temporada.

Como costumam ser os season finales de Lost, não da para reclamar. Ação, suspense, autoreferências, morte, medo, muito medo...
Medo de saber quem está no caixão - já tem spoiler, mas não quero ler, não posso ler. Combinei com o Marido que desta vez não leria.
Medo de saber o que faz os Oceanic Six terem a cara de pau de contar uma mentira tão deslavada daquela...o que só me faz odiar mais e mais o Jack, que pelo jeito é quem está comandando o circo todo. Falando nisto, só posso ficar espantada com o bom desempenho de Mathew Fox no papel. Quando alguém te faz odiar do fundo do fígado o personagem é porque é muito bom ator.Medo do que o Benloco vai aprontar para se safar do detestável Keamy, aquele projeto irritante de dançarino do Clube das Mulheres. O cara chato!

E não me canso de dizer: Ben é o cara. Alguém dúvida que os Outros vão salvar o dia, como Hurley fez no fim da temporada passada... Ótima frase de Ben para Locke: "Você ainda não aprendeu que eu sempre tenho um plano??!!".
Estou curiosíssima com o significado real de "mover a ilha", mas desconfio, que este será mais um mistério deixado para depois...Não acredito que saberemos isto no dia 29. Tudo bem, não me importo. Não sou da turma que reclama da falta de explicação. Adoro colecionar dúvidas para entrar nos fóruns e ficar debatendo teorias. Este é outro charme de Lost...

Cada vez mais estou convencida de que Jin está vivo e Sun não sabe. E nós também só ficaremos sabendo disto na próxima temporada).
Adoro a movimentação de todo mundo fazendo tudo ao mesmo tempo com uma trilha poderosa por trás!!!! Clipezinho de arrepiar no fim do episódio...
E a atitude de James de seguir o teimoso e chato Jack pela floresta mostra mais uma vez a evolução do personagem de Josh - muito bem para quem não tem grande experiência em atuação - e da estagnação do Jackass!!! Die Jack, Die!!!

Cabin Fever - 4x11

Destino, esta vadia inconstante

Foi de Locke o ótimo episódio que aproxima cada vez mais a série do fim desta temporada. E foi de Benjamin Linus (para variar) a melhor frase (o título do post).
Já em clima de desespero por ficar mais 8 meses sem inéditos, comento rapidinho sobre Cabin Fever. (Não que não tenha o que dizer, mas não estou com tempo para maiores reflexões hoje).

Locke é bem mais complexo do que parecia. Lutou contra seu destino a vida toda, lutou contra quem é. Mas não adianta. Como disse a velhinha estranha do episódio do Desmond - o universo sempre dá um jeito de corrigir a rota. Chegou a hora dele fazer valer o que veio fazer no mundo.
Seria apenas coincidência o fato das mães de Locke e de Ben terem o mesmo nome Emily). Será que não existe uma profecia que ligue o destino da ilha a este nome?
A cena da escolha dos objetos foi extremamente parecida com um teste aplicado aos meninos tibetanos na definição na nova encarnação dos Lamas, no Budismo. Existiria o conceito reencarnação na mitologia da série?

Hurley dizer que só ele, Ben e Locke viram a cabana de Jacob porque são os mais doidos foi uma forma divertida (que ele consegue conferir à série como poucos) de enfatizar que alguns sobreviventes são mais legais que outros para a audiência.

Claire está morta? Morreu na explosão da cabana? É possível. Mas será pena, pois a loira estava fazendo um par legal com James. E estava Claire doidona? Teria participado da marcha da maconha????

Mover a ilha - pode significar mover no tempo - o que caberia perfeitamente à minha teoria dos esqueletos. Explicando. Desde a primeira vez que vi a cena dos esqueletos Adão e Eva lá na primeira temporada - achei que se tratava de Jack e Kate. Se a ilha for movida para o passado e os Oceanic Six voltarem para lá na sexta e última temporada, ela estará no passado - o que torna absolutamente plausível (dentro do contexto ficção, ok ) o fato dos esqueletinhos descobertos nas cavernas pelo casal logo após a queda do avião serem eles mesmos que voltaram para ilha deslocada para o passado. Entenderam?

A cena de Hurley e Ben dividndo um chocolate mostra o zolhudo totalmente acabado, sem esperanças, fim de carreira. E é sensacional saber - graças aos flasfowards - da incrível capacidade de recuperação do cara, que vai sair de lá e comandar o Sayid na matança geral da turma do Widmore...Ben é o cara!

Namastê!

Something Nice Back Home - 4x10

Fortes e Fracos

Controverso episódio. Jaters adoraram. Muitos odiaram.
Não estou em nenhum dos extremos. Mas não entrará na minha lista de favoritos. Primeiro porque é centrado em Jack - personagem que me entedia desde a primeira temporada(O personagem, não Mathew Fox).
Mas sempre tenho bons olhos para Lost. Mesmo porque é mais divertido assistir o que se gosta com boa vontade do que reclamar de tudo...
Por menos empolgante que tenha sido, porém, as aparições de Christian Shepard valeram a noite. Principalmente a final, para Claire. Pelo jeito, ela e Aaron tem papel bem mais essencial na mitologia do que eu esperava.
Como valeu a noite, a ameaça de Jin de quebrar dedo por dedo de Faraday se Charlotte não garantisse o resgate de Sun.

A doença de Jack? Totalmente desnecessária....encheção de linguiça.
O Flashfoward? Não sou Jate, nem Skate. Mas o casal é um marasmo só, é água com açúcar demais, chato mesmo. O irônico é que Kate matou o pai bêbado e depois de tudo, arrumou um noivo bêbado...

E fica cada vez mais evidente que Michael Emerson roubou Lost para ele. Episódio sem ele, não é a mesma coisa...

Agora, refletindo. O episódio serviu para uma compração interessante.

Jack x Sawyer
Jack nasceu em berço de ouro. Teve todas as oportunidades, se tornou um médico conceituado, casou, etc, etc. Tinha problemas no relacionamento com o pai. E daí? Quem não tem um calcanhar de Aquiles na vida.
Mesmo assim, se tornou uma pessoa emocionalmente perturbada. Incapaz de levar um relacionamento amoroso sem paranóia. Indiretamente, causou a morte do pai por sua insegurança, pois Christian volta a beber depois de uma crise estúpida de ciúmes de Jack - o que o leva a perder a licença, ir para a Austrália e morrer de tanto beber.
Com tudo que passou na Ilha, saiu de lá a mesma pessoa, com as mesmas fraquezas e se tornou até mais perturbado (vide o Jack do último episódio da terceira temporada).
Por outro lado, Sawyer nasceu James. Viu seu pai matar a mãe e se matar. Se tornou um golpista, egoista, obcecado por vingança. Foi o renegado dos sobreviventes.
Se vingou e está mais perto da redenção do que qualquer um lá. (e redenção é uma metáfora forte da Ilha). Voltou a ser James. Aos poucos se torna um líder, toma as rédeas da situação e da sua vida.

É clara a diferença entre as dificuldades que cercaram as vidas dos dois. E o que cada um fez com seus limões...
E qual é a mulher que não tem vontade de ter um bebe vendo o loiro segurar Aaron daquele jeito...

Mais e mais

Related Posts with Thumbnails