3 de jun de 2009

Losties em Roswell

Em época de parcas notícias sobre Lost, vale a pena conhecer outras séries bacanas por onde os losties já passaram.

Esta é mais que uma curiosidade, é uma dica para quem curtir o gênero. Com participação de Emile de Ravin (Claire) e de Terry O'Quinn (Locke), Roswell vale mesmo a pena ser conhecida.
O seriado durou três anos (aquela velha estória que quase nunca audiência alta é sinônimo de bons produtos) - entre 1999 e 2002. Mais do que uma série teen boboca repleta de jovens rebeldes riquinhos vestidos com grifes e futilidades disfarçadas de problemas, Roswell combinava na medida exata romance, dramas de adolescência, ficção científica, humor e conspirações para contar a vida de adolescentes extraterrestres residentes da cidade de de Roswell (famosa por um possível incidente do gênero ocorrido em 1947).
O grande mérito do drama foi saber conectar a vida dos jovens ets aos problemas comuns a todos que de alguma forma não se encaixam nos padrões sociais pré estabelecidos e se sentem vez ou outra excluídos do circulo que frequetam. Ao dotar os aliens (entre eles estava a personagem Tess vivida por Emile de Ravin) de imensa responsabilidade sobre a sobrevivência do seu planeta natal, nos faz pensar nas obrigações e papéis que são impostos a todos em diferentes fases da vida. E o quanto estes elos com um futuro tão certo/incerto interfere nas ações do presente, impedindo muitas vezes o real comprometimento com o dia de hoje e com nossa real felicidade.

- Terry fez uma participação especial na terceira temporada. Não teve personagem regular.
O elenco contava também com Shiri Appleby (musa do maridão), Jason Behr, Katherine Heigl (de Grey's Anatomy), Majandra Delfino, Brendan Fehr e Colin Hanks (filho de Tom Hanks). E a série era embalada pela ótima música de Dido, Here with Me.

Um comentário:

Lilly disse...

Oi, vi seu comentário no Cine e Séries do Thiago, falando que tinha comentado sobre Roswell e vim dar uma conferida, pq amo Roswell. E, concordo, Roswell é a maior prova de que vida longa e audiência alta, não necessariamente é sinônimo de bom produto e qualidade. Sou eterna apaixonada por Roswell, e revejo (nos meus DVDs) sempre que posso... Realmente se mescla bem, ficção científica, drama teen, e amo Here With Me da Dido. Parabéns, pelo Post!

Mais e mais

Related Posts with Thumbnails