1 de ago de 2008

Something Nice Back Home - 4x10

Fortes e Fracos

Controverso episódio. Jaters adoraram. Muitos odiaram.
Não estou em nenhum dos extremos. Mas não entrará na minha lista de favoritos. Primeiro porque é centrado em Jack - personagem que me entedia desde a primeira temporada(O personagem, não Mathew Fox).
Mas sempre tenho bons olhos para Lost. Mesmo porque é mais divertido assistir o que se gosta com boa vontade do que reclamar de tudo...
Por menos empolgante que tenha sido, porém, as aparições de Christian Shepard valeram a noite. Principalmente a final, para Claire. Pelo jeito, ela e Aaron tem papel bem mais essencial na mitologia do que eu esperava.
Como valeu a noite, a ameaça de Jin de quebrar dedo por dedo de Faraday se Charlotte não garantisse o resgate de Sun.

A doença de Jack? Totalmente desnecessária....encheção de linguiça.
O Flashfoward? Não sou Jate, nem Skate. Mas o casal é um marasmo só, é água com açúcar demais, chato mesmo. O irônico é que Kate matou o pai bêbado e depois de tudo, arrumou um noivo bêbado...

E fica cada vez mais evidente que Michael Emerson roubou Lost para ele. Episódio sem ele, não é a mesma coisa...

Agora, refletindo. O episódio serviu para uma compração interessante.

Jack x Sawyer
Jack nasceu em berço de ouro. Teve todas as oportunidades, se tornou um médico conceituado, casou, etc, etc. Tinha problemas no relacionamento com o pai. E daí? Quem não tem um calcanhar de Aquiles na vida.
Mesmo assim, se tornou uma pessoa emocionalmente perturbada. Incapaz de levar um relacionamento amoroso sem paranóia. Indiretamente, causou a morte do pai por sua insegurança, pois Christian volta a beber depois de uma crise estúpida de ciúmes de Jack - o que o leva a perder a licença, ir para a Austrália e morrer de tanto beber.
Com tudo que passou na Ilha, saiu de lá a mesma pessoa, com as mesmas fraquezas e se tornou até mais perturbado (vide o Jack do último episódio da terceira temporada).
Por outro lado, Sawyer nasceu James. Viu seu pai matar a mãe e se matar. Se tornou um golpista, egoista, obcecado por vingança. Foi o renegado dos sobreviventes.
Se vingou e está mais perto da redenção do que qualquer um lá. (e redenção é uma metáfora forte da Ilha). Voltou a ser James. Aos poucos se torna um líder, toma as rédeas da situação e da sua vida.

É clara a diferença entre as dificuldades que cercaram as vidas dos dois. E o que cada um fez com seus limões...
E qual é a mulher que não tem vontade de ter um bebe vendo o loiro segurar Aaron daquele jeito...

Nenhum comentário:

Mais e mais

Related Posts with Thumbnails