1 de ago de 2008

There´s no Place like Home (final) - 4x13/14

Defenda a Ilha ou Morra



Lá se foi a Ilha..Para onde?
Eu perguntaria..para quando?

Se o fator surpresa foi menor aqui do que nos finais da segunda e da terceira (o morto do caixão é meu primeiro suspeito, ainda em 2007), o impacto continua sendo o mesmo. Grande carga de informação, muita ação, suspense. Perfeito.
Tem muita gente que analisa e comenta Lost e se pega sempre na questão das respostas. E reclama. E como reclama.
Não me importo nem um pouco com a demora das respostas. E se me incomodasse com isto, na boa, esperaria o fim da série, lá em 2010 para assistir tudo de uma tacada só. Não acredito que mané ainda não percebeu que a mitologia da série só será realmente explicada na derradeira temporada. Então, se conformem ou desistam da série.

Voltando. A quarta temporada foi para mim a melhor até agora. O ciclo de episódios foi capaz de desenrolar a trama aberta na primeira. Se Lost era uma série sobre sobreviventes que queriam sair da Ilha, este objetivo da trama está encerrado.
Agora, tudo é sobre voltar. E como voltar.
É impossível não perceber a série de situações e arcos que foram fechados. Sabe-se quem saiu, como e porque. Sabemos quem ficou. Sabemos quem tem interesse na ilha, muitas das carcterísticas físicas do local, sabemos o que aconteceu com quem saiu, quem está no caixão.
E mais, muitos dos questionamentos desta temporada foram resolvidos na própria: porque Kate ficou com Aaron, porque Jack pirou, porque Saiyd mata a mando de Ben, etc.
Se mais questões surgiram, como por que Jeremy Benthan saiu da ilha, como e por que morreu, isto é parte da narrativa. Uma narrativa, aliás, que ousa não somente pela utilização de flashbacks e fowards, como pela mudança de perspectiva que promete modificar novamente a apresentação na quinta temporada. E que ela venha logo. Por que será difícil esperar....

Destaques
Odeio bater na mesma tecla, mas adoro cada vez mais o James. Cena linda, típica de Indiana Jones, Han Solo, 007...

E odeio o Jack. Pelo menos o de 2004. Que hipócrita o heroizinho de merda que jurou tirar todo mundo da ilha se auto-intitulando o salvador da pátria, mas não pensou nem meia vez na hora de se pirulitar de helicóptero e deixar o povo que estava no cargueiro virar fogos de artifício.
Se redenção é a palavra chave da série, acho que Jack é quem está mais longe dela. E vai ser preciso muita coisa para o Jack de 2007 que é bem mais humano e paga o preço da burrice causada pela arrogância, consiga finalmente se redimir.

Quem também se redimiu e de um modo extremamente trágico, foi Michael. Se era um personagem irritante na primeria fase, se tornou interessante no retorno à série. Atormentado e altruísta. E não gritou Waaaaaaatttttttttttt nenhuma vez.
Teve uma despedida digna, embora acredito que se transforme em mais uma das aparições da Ilha.

E que sacanagem ninguém procurar Walt. Aliás, cade o Vincent? Nem o Walt perguntou dele...E pronto, Walt pode voltar. Com a série passando-se em tempo principal em 2007, como tudo indica, não precisamos ficar perguntando o porque do tamanho do garoto.

Acho que Sun passou para o lado negro em busca de vingança pelo Jin, que pode não ter explodido junto com o cargueiro. Difícil, mas possível. Tomara...pois sentirei falta de Jixuxi.
Na conversa com Widmore, parece que a coreana vai entregar o destino de Desmond. Ou o de Locke. De qualquer modo, parece uma escolha errada.

Sayid, que está a mando de Ben, já está com Hurley. Alguém não acredita que a intenção do iraquiano é ajudar Ben a levar o povo de volta para a Ilha?
Xadrez com Mister Eko????? Que medo !!!!!

Agora, na boa. É óbvio que não foi a manivela que movimentou a ilha. Não literalmente, caros....Ai como já li baboseiras a este respeito....
A roda só acionou um mecanismo para liberar alta carga de magnetismo. E o que aconteceu com a última pessoa que mexeu com magnetismo? O Des, na escotilha Cisne...viajou no tempo e o céu ficou roxo. Preciso explicar ou desenhar?
A data da movimentação é bem próxima ou senão a exata do Tsunami. É viagem, mas o evento poderia ser usado - na ficção claro - para explicar o terremoto que gerou a catástrofe. Não. Não tomei ácido. É só imaginação fértil.

Finalmente, Jeremy. Fiquei chateada pelo cara, que teve sempre uma vida ferrada, ter acabado daquele modo. Sua confusão, sua indecisão, sua dificuldade de se entender com o destino, seus atos precipitados chegaram a irritar, mas fazem parte deste personagem complexo e carismático. Que é impossível odiar.
Aliás, em Lost é comum odiar um personagem em determinada fase para depois passar a adora-lo. Será que isto só acontece comigo?

Minha teoria básica sobre os acontecimentos:
A Ilha está no passado. Voltando, os losties estarão no passado, bem antes da queda do avião. E Jeremy estará vivo no passado.
Como existe algo maior na presença deles naquele local, não devem mais deixa-la. E aqueles esqueletos serão possivelmente Jack e Kate do retorno.
Enfim,
A espera vai ser longa. Muitos podem não aguentar. Chega logo 2009!!!!!

Namastê!

Um comentário:

Clecia disse...

Confesso que também detestei o Jack nessa última temporada. Estava muito chato!

Mais e mais

Related Posts with Thumbnails